quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Coração na chuteira - Brasil na final do Mundial Sub-20


Por Carlão Carbone



Brasil 2x0 México – Pereira / Colômbia. Vai à final da Copa do Mundo Sub-20, contra Portugal, que venceu a França por 2x0.

É a oitava final que o Brasil participa, 4x campeão / 3x vice, segue forte rumo ao pentacampeonato.

O jogo não foi fácil, muito pelo contrário, duro e disputado com lances violentos onde a versatilidade brasileira fez a diferença. Com alterações precisas, Ney Franco soube analisar o jogo e mexer com precisão. Essa seleção tem a raça e a vontade que a principal não tem, dá gosto de ver a molecada se superando para buscar a vitória.

O primeiro tempo foi marcado mais pelas jogadas violentas que o bom futebol. Torres, o “batedor”, acertou uma cotovelada em Bruno Uvini, chutou a cara do goleiro Gabriel (deixando um olho fechado e inchado, a la Rocky Balboa em final de luta) e acertou Casemiro. O Brasil com mais posse de bola, tentava mas não conseguia concluir com perigo real de gol, abusava de chutes de longa distância e errava muitos passes no ataque. Já o México, armado para jogar no contra-ataque, começou a se organizar e trabalhar suas jogadas. Levou mais perigo que o Brasil e Gabriel, mesmo “caolho”, fez uma excelente partida. No final do 1º tempo, o México teve um gol anulado corretamente e o primeiro tempo acabou 0x0.

O time do Brasil estava com o freio de mão puxado e assim começou o 2º tempo. O México melhor, teve 3 chances claras de gol, que Gabriel, jogando muito, salvou. Ney Franco, lançou Negueba (10´) e depois Dudu e Allan (25´) nos lugares de Willian, Phillipe Coutinho e Gabriel Silva. Casemiro foi para zaga, jogando o fino da bola, e Danilo para o meio. O time entrou no eixos e começou a dominar a partida. Há de se destacar o bom preparo físico da equipe. O México nos contra-ataques, agia com perigo, mas o Brasil se soltava e numa jogada pela lateral, Negueba cruzou e Henrique antes do zagueiro fez o gol, desafogando todo time e a comissão técnica. O México caiu grog e quando viu, tomou outro, fechando o caixão com direito a coroa de flores – PT Saudações.

Deu gosto de ver o time brasileiro brigando, apanhando, jogando para vencer. Na comemoração do gol o time inteiro unido e todos vibrando com muita gana. Destaques para Gabriel, Casemiro, Dudu e Negueba – monstros na partida de ontem.

A final é o contraste do melhor ataque (Brasil – 15 gols) contra a melhor defesa (Portugal – 0 gols). Ambas equipes com 4 vitórias, 2 empates e 0 derrotas. Em 1991, Portugal venceu o Brasil nos pênaltis, agora é a revanche.

Sábado, 20/08/2011, direto de Bogotá (22h horário de Brasília), a hora da verdade.


Abraço!


CARLÃO CARBONE

www.youtube.com/carlaocarbone

2 comentários:

David J. Pereira disse...

Boas!

Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

http://davidjosepereira.blogspot.com/

Saudosos cumprimentos!

Anônimo disse...

Tranquilo, add sim, sem problemas...