sexta-feira, 4 de junho de 2010

Análise do Grupo B da Copa







Gustavo Román - colaborador Blog

Análise do Grupo


Se tudo correr conforme o previsto, a Argentina não tem com que se preocupar. Mesmo com os problemas defensivos, mesmo com Maradona no banco, os Hermanos devem passar com facilidade pela primeira fase como os primeiros colocados do grupo.

A briga fica para saber o segundo colocado. Coréia do Sul é a minha favorita, mas não podemos nos esquecer da Nigéria e seu futebol alegre e da retranca por vezes irritante da Grécia. Vejo muito equilíbrio entre essas 3 seleções...



Argentina

Geral. É, talvez, a melhor geração do futebol Argentino dos últimos anos. Conta com excelentes opções de ataque e com o melhor jogador do mundo. Resta ver se os problemas defensivos e as trapalhadas de Diego Maradona no comando do time não vão afetar a performance dos hermanos...



Pontos Fortes. O ataque e suas opções são sem sombra de dúvida o ponto forte da Argentina na Copa. Afinal, que outra equipe no mundo pode contar com Tevez, Milito, Higauin, Aguero, Palermo, todos bem municiados por Verón. E além disso, não pode se esquecer de Messi. O melhor jogador do Mundo, que tenta brilhar na Seleção com a mesma intensidade que no Barcelona fará de tudo para provar que essa poderá ser a sua Copa.



Pontos Fracos. O goleiro não passa confiança. Os laterais são na verdade zagueiros e tem dificuldades nas bolas em velocidade. A zaga é baixa e insegura(apesar da presença de Samuel). Verón já não tem a forma física de antes e não se sabe como aguentará a competição. Some-se a isso a irregularidade da equipe, as trapalhadas de Diego Maradona, a não convocação de jogadores como Cambiasso e o fato de Messi não repetir com a camisa da Seleção as mesmas atuações que tem no Barça....



Tradição em Copas. Vai para a décima-quinta Copa. Foi campeã em 1978 e 1986. Vice em 1930 e 1990.

Tem camisa e tradição para vencer o Mundial.



Campanha nas Eliminatórias. Foi uma classificação suada, só conseguida no último jogo com uma vitória sobre o Uruguai. Acabou na quarta posição, o que por si só já demonstra a irregularidade da equipe.



Esquema tático. Maradona monta sua equipe no tradicional 4-4-2, com destaque para os jogadoresque jogam aberto pelos lados do campo(Messi e Di Maria).



Time-Base. Romero, Otamendi, Samuel, Demichelis e Heinze, Mascherano, Verón, Di Maria e Messi, Tevez e Higuain



Prognóstico. Deve passar como primeira colocada do grupo com facilidade. Vai longe na Copa...



Nigéria

Geral. A bagunça continua imperando na Seleção. Desde 2006, 5 treinadores já passaram pelo comando técnico da equipe. O atual treinador, o Sueco Lars Lagerback deve tentar escalar uma equipe mais "Européia" presa a defesa, fugindo das características do futebol Africano.



Pontos Fortes. Apesar de ser uma equipe ofensiva por natureza, o destaque da equipe é seu sistema defensivo que toma poucos gols. A habilidade e o improviso, característicos das equipes Africanas também podem render bons frutos, especialmente contra os "cinturas-duras" Sul-Coreanos e Gregos.



Pontos Fracos. Com a falta de um grande jogador no meio de campo, a transição para o ataque fica prejudicado e sem velocidade. A bagunça que impera também pode pesar contra.



Tradição em Copas. Chega a sua quarta Copa do Mundo. O melhor resultado foi ter passado as oitavas de finais em 94 e 98.



Campanha nas Eliminatórias. Na primeira fase, ficou em primeiro lugar em um grupo que contava com Serra Leoa, Guiné Equatorial e África do Sul. Na segunda fase, classificou-se com traquilidade em um grupo que també contava com Moçambique, Quenia e Tunísia. Levou apenas 5 gols e terminou de maneira invicta.



Esquema tático. Lars Lagerback monta seu time em um 4-5-1 que se transforma em um 4-3-3 com a bola. O grande destaque fica para o atacante Martins.



Time-Base. Enyeama, Youssuf, Yobo, Shitu e Taiwo, Ethu, Kaita, Obi-Mikel,Obasi e Yakubu, Martins.



Prognóstico. Vai brigar pela segunda vaga do grupo com Grécia e Coréia do Sul. Na minha opinião, fica em terceiro lugar e não se classifica para as oitavas de finais...



Coréia do Sul

Geral. Muita correria, disciplina tática e alguns bons jogadores são os segredos para uma boa campanha dos Sul-Coreanos na Copa. Briga pela segunda vaga do grupo.



Pontos Fortes. Muita velocidade e correria. Essas continuam sendo a base da Seleção. Alie-se a isso uma disciplina tática rigorosa e o talento de Park Ji-Sung, e tem-se a Coréia que vai para a África...Além disso, marca com até 5 jogadores no campo adversário. Dessa maneira, venceu o Japão e perdeu por pouco para a Espanha.



Pontos Fracos. O sistema defensivo continua deixando a desejar. O goleiro não é dos mais confiáveis e os zagueiros são baixos e vulneráveis nas bolas altas.



Tradição em Copas. Vai para a sua oitava Copa, a sétima seguida. Seu melhor resultado foi em 2002, quando chegou a semifinal atuando em casa. Acabou na quarta colocação.



Campanha nas Eliminatórias. Classificou-se com tranquilidade para a Copa. Foi líder na primeira fase, em um grupo que também contava com Coréia do Norte, Jordania e Turquemenistão. Na fase final, também terminou em primeiro lugar, enfrentando Coréia do Norte, Arábia Saudita, Irã e Emirados Árabes.



Esquema Tático. Huh Jung-Moo monta sua equipe em um 4-4-2, muito parecido com o utilizado no futebol Ingles, até para aproveitar-se do talento de PArk Ji-Sung...



Time-Base. Jung-Sung-Ryong, Oh Beom, Lee Yung, Cha Du-Ri e Lee Yung-Pyo, Chung-Yung, Won-Hee, Kim Naam e Park Ji-Sung, Park-Chu e Lee-Dong.



Prognóstico. Briga pela segunda vaga do grupo com Grécia e Nigéria. Mas pelo que vem mostrando nos últimos amistosos, é minha favorita para conseguir a classificação.



Grécia

Geral.Se prepare para assistir aos jogos mais chatos da Copa. Baseia todo seu jogo em uma retranca sólida e espera que o artilheiro Gekas aproveite uma das raríssimas chances que apareçam na frente...



Pontos Fortes. O sistema defensivo é muito sólido. Os raros contra-ataques também são bons. O artilheiro Gekas vive boa fase e pode ser o difrencial da equipe. O treinador Otto Renhagel é considerado um "Deus" no país.



Pontos Fracos. Muitos chutões e ligação direta dão ao adversário a posse de bola. Com jogadores pouco habilidosos, quase não troca passes. Costuma abdicar do ataque.



Tradição em Copas. Quase nenhuma. Participou apenas da de 1994 e foi eliminada logo na primeira fase, sem marcar um ponto ou mesmo um golzinho...



Campanha nas Eliminatórias. Terminou em segundo lugar em seu grupo, atrás da Suiça. Seus outros adversários foram a Letonia, Israel, Luxemburgo e Moldávia. Na repescagem, venceu a Ucrania, fora de casa. Como se ve, teve muitas dificuldades para se classificar.



Esquema Tático. Otto Renhagel arma sua equipe em um defensivo 4-5-1. E torce para Gekas resolver na frente...



Time-Base. Tzorvas, Vyntra, Moras, Kyrgiakos e Papadopoulos, Katsouranis, Tziolis, Charisteas, Karagounis e Samaras, Gekas.



Prognóstico. Teoricamente, briga pela segunda vaga do grupo com Nigéria e Coréia do Sul, mas pelo que vem mostrando em seus últimos amistosos, deve mesmo terminar na lanterna da chave. Ficará no lucro se marcar um ponto ou mesmo um golzinho....



Confrontos entre essas Seleções

Grécia x Coréia do Sul

Nunca se enfrentaram ates



Argentina x Nigéria

1994- Argentina 2x1 Nigéria, gols de Cannigia(2) e Siasia



Nigéria x Grécia

1994- Nigéria 2x0 Grécia, gols de Finidi e Amokachi



Argentina x Coréia do Sul

1986- Argentina 3x1 Coréia do Sul, gols de Valdano(2), Ruggeri e Chang-Sun



Nigéria x Coréia do Sul

Nunca se enfrentaram antes



Argentina x Grécia

1994- Argentina 4x0 Grécia, gols de Batistuta(3) e Maradona.



Amanhã voltaemos com a análise do grupo C....

Um comentário:

Matheus disse...

Parabéns Gustavo. Análise Muito Bem Montada e Coesa. Está me ajudando a montar os resultados do bolão com os amigos.